Senac promove cursos para colaboradores


Publicado em : 26/05/2017 | por Helmo Goes | Agência Comércio



Para oferecer um atendimento cada vez mais acolhedor e inclusivo para alunos e clientes, tornar racional o uso dos recursos naturais e financeiros, dentre outras finalidades, o Senac/SE, órgão vinculado ao Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, está ofertando diversas capacitações para seu quadro de colaboradores. Promovidas pela Divisão de Educação Profissional (DEP) e Assessoria de Desenvolvimento e Integração Humana (ADH), as oficinas têm entre oito a 80 horas de carga horária e tiveram início nesta sexta-feira, 26 de maio.

Os cursos ofertados são os de Qualidade no Atendimento a Pessoas com Deficiência, Libras Instrumental, Cidadania e Sustentabilidade Ambiental, Oficina de Educação Financeira e Controle de Custos, e Oficina de Auto Maquiagem.  As turmas têm, em média, 25 vagas, e as aulas ocorrem no horário de expediente do colaborador. A oficina mais longa será a de Libras, que acontecerá entre os dias 05 de junho e 18 de outubro, sempre às segundas e quartas-feiras à tarde.

Segundo Telma Delmondes, assessora da ADH, a iniciativa é a extensão de um programa já realizado pelo Senac. “Em anos anteriores nós tínhamos o programa intitulado ‘Colaborador, seja você também um aluno do Senac’, fazendo com que ele olhasse para a nossa grade de títulos e também se interessasse em se qualificar. Apenas no ano passado, 50 colaboradores fizeram nossos cursos, principalmente os de informática. Agora nós estamos divulgando e mobilizando nossos funcionários para essas novas oficinas, pois o objetivo é que, usando os recursos do próprio Senac, eles se capacitem e se preparem para ser cada vez melhores dentro e fora do ambiente de trabalho”, disse Telma.

Edelfrancla Gomes

Inclusão

O primeiro título ofertado nessa nova grade de cursos para colaboradores foi o de Qualidade no Atendimento a Pessoas com Deficiência. Para Edelfrancla Gomes, instrutora do Senac e aluna da turma, é importante que os funcionários saibam lidar com as particularidades e necessidades de cada indivíduo que procura o Senac.

“O curso foi muito significativo. Nós debatemos, trocamos experiências e simulamos algumas situações que acontecem cotidianamente. E, dessa forma, a gente aprende de que maneira lidar com as diferenças, como receber um cadeirante, atender e estabelecer uma comunicação com um deficiente intelectual, auditivo, visual, ou com deficiências múltiplas, por exemplo. São situações que todos nós já passamos e nem sempre soubemos como lidar, o que era bem constrangedor. A oficina despertou mais esse lado humano, de enxergar o outro, de refletir sobre os preconceitos que a gente tinha e nem se dava conta. Foi bem engrandecedor para mim enquanto funcionária e enquanto pessoa”, declarou.


Autor : Helmo Goes | Agência Comércio
Categorias : Notícias