Publicado em : 24/08/2016 - Por : Helmo Goes

Alunas do Senac se preparam para competição nacional


Alunas treinam sob supervisão da instrutora
Descrição da imagem. Foto horizontal parcial de três mulheres jovens em pé, em semi círculo, ao redor de uma cabeça de manequim de cabelos escuros e lisos sobre um pedestal a altura do peito. Duas jovens à direita da imagem, usam avental preto com a logomarca e nome do Senac pintado de branco na frente. Uma delas está de perfil, segurando uma mecha do cabelo da manequim e um pente com a mão esquerda e com a mão direita segura uma tesoura aberta sobre a mesma mecha. A outra jovem de avental, aparece de frente segurando um pente e uma tesoura com as mãos juntas à frente do corpo, observa a manequim. Do lado esquerdo da imagem, próximo a uma parede branca com espelho, uma instrutora do Senac sorri e observa-as. Mais à frente da imagem, do lado esquerdo, preso ao espelho da parede, uma prateleira de vidro com outras duas cabeças de manequim, uma com cabelo curto, escuro, liso e com franja e outra com cabelo ondulado, com mechas avermelhadas, rosadas e esbranquiçadas. Fim da descrição.

Alunas treinam sob supervisão da instrutora

Jovens egressas dos cursos de Cabeleireiro e Garçom do Senac Sergipe, integrante do Sistema Fecomércio, têm se preparado para as primeiras Competições Senac de Educação Profissional, evento que acontece em novembro e dezembro com a participação de 16 Estados. O Departamento Regional de Sergipe enviará representantes nas modalidades de Cabeleireiro e Serviço de Restaurante e as alunas em treinamento recebem uma bolsa-auxílio, vale-transporte e alimentação.

A preparação inclui 7 horas diárias de treinamento supervisionado por instrutores do Senac. As alunas também estão sendo avaliadas, pois apenas duas representarão o Estado na competição nacional.

“Elas passaram por uma primeira seleção e, por atenderem aos critérios exigidos, foram escolhidas para fazer esse treinamento. Como a competição tem um nível de exigência elevadíssimo, nossas alunas têm se dedicado bastante nos últimos meses e, ao fim deste processo, as mais preparadas representarão Sergipe na etapa nacional”, disse Angélica Carpejani, coordenadora do projeto no Senac Sergipe.

Descrição da imagem. Foto horizontal frontal de busto completo de duas jovens sorridentes ao centro, olhando para a frente, ombro a ombro. com avental preto com logomarca e nome do Senac pintados à frente. Ao fundo, ambiente de salão de beleza, com cadeiras acolchoadas, prateleiras e bancadas de vidro. Fim da descrição.

Líllian e Jeisiane

Para Carpejani, as Competições tendem a aprimorar os processos educacionais da instituição: “Um dos objetivos do evento é elevar a qualidade do que é ministrado em sala de aula, além de estimular a modernização dos ambientes pedagógicos das unidades do Senac. Sem dúvidas isso trará muitos ganhos para o nosso Departamento Regional”.

Cabeleireiro
As provas de Cabeleireiro acontecem entre os dias 07 e 11 de novembro em Fortaleza-CE. Os competidores devem ser capazes de elaborar penteados e cortes com elevado grau de dificuldade e com a maior perfeição possível. O chamado Projeto Teste é o meio pelo qual os avaliadores atribuirão notas ao trabalho dos alunos e será composto por oito módulos realizados em quatro dias.

Para esta árdua tarefa foram recrutadas as alunas Lillian Mirelly e Jeisiane Matos, mas apenas uma delas irá a Fortaleza. Ambas têm sido treinadas pela instrutora Shirlei Campos, que destaca o nível de excelência do concurso: “Os competidores não terão que recriar cabelos do dia-a-dia, mas penteados e cortes dos graus mais complexos que existem. É o nível máximo que um profissional da área pode chegar”.

Shirlei, que também será avaliadora na competição, acredita no crescimento das alunas ao fim de todo o processo: “Participar de um concurso nacional faz com que elas cresçam como pessoas e como profissionais. Elas, inclusive, podem se tornar referência no mercado por terem participado deste treinamento e da competição”.

Líllian Mirelly afirma que o amadurecimento já é evidente. “Tenho aprendido cortes e penteados avant garde, que não são comuns nos salões de beleza. Estou evoluindo muito como cabeleireira e já me sinto uma profissional mais qualificada depois dessa experiência”, declarou Lillian, que tenta uma vaga na competição.

A outra competidora, Jeisiane Matos, diz que fará o seu melhor caso seja escolhida: “Estou superando meus limites ao realizar coisas que eu achava que jamais conseguiria. Se eu passar para a próxima etapa, vou continuar treinando e dando o meu melhor para chegar perto da perfeição”.

Descrição da imagem. Foto horizontal parcial de três pessoas numa sala de parede branca. Da esquerda para a direita, um homem de camisa social e crachá do Senac, em semiperfil, segura uma colher com a mão esquerda e uma faca com a mão direita, sobre algumas frutas apoiadas numa mesa ao centro da foto. Mais centralizada, uma jovem com farda do Senac, usa touca branca e com a cabeça voltada para baixo observa a ação do instrutor. Do outro lado da mesa, no canto direito da foto, jovem de costas, usa farda do Senac e observa a ação do instrutor. Fim da descrição.

Instrutor Sílvio Farias orienta as alunas

Serviço de Restaurante
Outra categoria que terá representantes sergipanas é a de Serviço de Restaurante. As provas ocorrerão entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro em Vitória-ES. Os competidores deverão demonstrar suas habilidades no cumprimento de 4 módulos: Bar, Jantar Casual, Jantar de Banquete e Jantar Fino.

Dentre as exigências, eles deverão ser capazes de identificar bebidas destiladas usando o olfato, preparar coquetéis, flambar pratos, arrumar mesas, reproduzir até dez tipos de dobraduras de guardanapo, e outras atividades tão complexas quanto.

Não parece fácil, mas o instrutor e sommelier Silvio Farias está junto com as alunas neste desafio. “A competição tem um grau de dificuldade muito grande, uma vez que, muito do que é exigido, não é praticado em nosso ambiente de restaurante. Mas aos poucos elas vão absorvendo todo o conhecimento e a técnica e se tornando mais aptas à competição”, declarou.

As alunas reconhecem que todo o esforço tem valido à pena. “É uma oportunidade única participar desse treinamento. Caso seja escolhida, prometo representar bem a minha instituição”, declarou Luiny Nayara. “É gratificante aprender tudo isso. Com certeza serei uma profissional mais qualificada depois deste processo”, acredita Elízia Cathery.

Descrição da imagem. Foto horizontal de mulher ao centro em primeiro plano, cabelos curtos e loiros, sorri, olha para a frente, usa crachá do Senac e blusa de manga comprida branca. Ao fundo, do lado direito da foto, parede branca e do meio para baixo de pequenos azulejos quadrados azuis e um mural verde mais ao fundo, e do lado esquerdo, mesas com toalhas coloridas e pratos brancos sobre as mesmas. Fim da descrição.

Angélica Carpejani

Competições
O Senac construiu uma importante experiência na promoção de eventos de educação profissional ao participar das quatro últimas edições da Olimpíada do Conhecimento em parceria com o Senai – 2008, 2010, 2012 e 2014. A partir dessa experiência, foram desenvolvidas as “Competições Senac de Educação Profissional”, inteira e exclusivamente realizadas pela própria instituição, como parte das comemorações de seus 70 anos.

Além de Cabeleireiro e Serviços de Restaurante, haverá competições nas áreas de Cuidados de Saúde e Apoio Social (Rio Grande do Sul, de 21 a 25 de novembro) e de Cozinha (Santa Catarina, de 5 a 9 de dezembro).

Com esse grande evento, espera-se alcançar maior êxito no intercâmbio e compartilhamento de experiências entre os Departamentos Regionais, subsidiando-os nos processos de avaliação e análise das condições educacionais de cada um com vistas ao aprimoramento constante das competências comuns a todo o Senac.