Senac forma novas turmas no agreste sergipano


Publicado em : 08/10/2021 | por SENAC Sergipe | -



07 de outubro foi um dia especial para o município de Simão Dias, localizado no agreste sergipano. Nesta data e local o Senac promoveu a entrega de certificados para centenas de alunos. Os cursos gratuitos fizeram parte do Programa Senac de Gratuidade (PSG), a partir de um convênio entre a instituição e a Associação Educacional Raça Guerreira, beneficiando 741 pessoas das cidades de Simão Dias, Pinhão e Poço Verde.

A solenidade de entrega dos certificados aconteceu no auditório do Centro de Excelência Dr. Milton Dortas e contou com as presenças do presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Laércio Oliveira, da diretora regional do Senac, Priscila Felizola, do diretor adjunto Marcos Barreto, do gerente da Divisão de Educação Profissional, Edson Alves, do gerente do Senac Lagarto, Edson Costa, além de representantes do governo estadual e do legislativo municipal.

No total, foram 3.500 horas de aula distribuídas em 50 cursos, dentre eles Informática Básica, Primeiros Socorros, Preparo de Bolos e Tortas, Básico de Corte e Costura, Operador de Caixa e Técnicas de Manicure e Pedicure. O objetivo é promover transformação social na região, através da oferta de cursos que ajudam a incrementar a geração de renda das famílias.

Laércio Oliveira entrega certificado a aluno

O presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, compartilhou com todos sua experiência como aluno do Senac, ainda na juventude, como uma forma de incentivar as pessoas a buscarem sempre o conhecimento e a qualificação para crescerem na vida.

“O Senac é uma porta de oportunidades. Aqui as pessoas têm a chance de vencer na vida a partir dos cursos que são ofertados. Basta apenas vontade e disposição de querer transformar sua vida. Aconteceu comigo e eu faço questão de compartilhar com todos, pois essas pessoas trazem consigo uma esperança e eu preciso dizer a elas que elas também podem”, declarou Laércio.

Priscila Felizola com aluno

A diretora regional do Senac, Priscila Felizola, salientou que o mercado de trabalho necessita de profissionais cada vez mais qualificados, o que exige do profissional uma constante busca por aperfeiçoamento.

“O Senac é conhecido como um centro de excelência em qualificação profissional e solenidades como esta nos deixam com o sentimento de que estamos no cumprimento da nossa missão. A nossa luta, agora, é para que elas continuem se qualificando e possam concorrer em pé de igualdade com todos os outros, em um mercado cada vez mais competitivo e exigente”, disse Priscila.

Diferencial

Para Charles Evangelista, presidente da Associação Raça Guerreira, o Senac é uma referência e um diferencial para quem busca formação profissional. “Vivemos em um país onde a profissionalização é muito importante, e o Senac é uma instituição reconhecida em todo o Brasil na formação de pessoas para o trabalho. Quem tem um curso do Senac tem um diploma de renome em todo o território e sabe que está apto para trabalhar. Por este motivo procurei a instituição para fecharmos o convênio, a fim de levarmos mais oportunidades aos moradores dos povoados”, disse.

Laércio Oliveira e Priscila Felizola

Uma das moradoras beneficiadas foi Uilma de Jesus. Residente do povoado Pau de Colher, em Simão Dias, a lavradora foi aluna dos cursos de Preparo de Doces e Salgados e Preparo de Bolos e Tortas. “Eu já sabia fazer um pouco, mas quando surgiu a oportunidade dos cursos eu resolvi me inscrever para aprender mais. Foi a primeira vez que fiz um curso do Senac e espero que venham muitos outros projetos para a gente continuar ganhando conhecimento”, torceu.

Já para Caroline Santos, as aulas vieram incrementar o pequeno negócio de lanches que ela mantém em família. “Eu já trabalho nessa área e queria aprender mais, para que eu e minha tia possamos crescer e continuar trabalhando juntas. Foram dias e dias de muito aprendizado e descobertas e, quando houver outros cursos na região, nessa área de alimentação, sem dúvidas estarei lá”, antecipou Caroline.

PSG

Firmado em 22 de julho de 2008 entre o Ministério da Educação, o Ministério do Trabalho, o Ministério da Fazenda, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e o Senac, e ratificado pelo Decreto nº 6.633, de 5 de novembro de 2008, o PSG tem por objetivo garantir o acesso à educação profissional de qualidade para pessoas cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse dois salários mínimos.

Pelo acordo celebrado, o Senac investe, desde 2014, 66,67% de sua Receita Líquida de Contribuição nesse importante programa de educação inclusiva.


Autor : SENAC Sergipe |
Categorias : Destaques, Notícias