Publicado em : 24/11/2018 - Por : Helmo Goes

Sergipe é prata nas Competições Senac de Educação Profissional


A manhã de 24 de novembro foi de alegrias para Senac Sergipe. A instituição subiu ao pódio com a aluna Marcela Andrade pelo segundo lugar na categoria Cabeleireiro nas Competições Senac de Educação Profissional 2018, que aconteceram no Hotel Senac Ilha do Boi, em Vitória-ES. Ao longo da competição, Marcela mostrou foco e as habilidades adquiridas durante meses de preparação para enfrentar as difíceis provas às quais foram submetidos os competidores. Para este desafio, a jovem esteve acompanhada de sua técnica e instrutora do Senac Sergipe, Shirlei Campos. No total, 43 alunos de diversos estados brasileiros participaram das Competições, concorrendo em seis categorias profissionais.

Na ocupação Cabeleireiro, a medalha de ouro ficou com a representante do Rio Grande Sul, Bruna Rúpulo, seguida de Marcela Andrade. Já o bronze foi para Lorena da Silva, competidora do Rio de Janeiro. Sergipe competiu, ainda, em outras duas ocupações: Estética e Bem Estar, com a aluna Evelyn Santos, e Serviços de Restaurante, com Elizia Cathery. Os dois mais bem colocados em cada ocupação começam, agora, uma jornada de intensos treinamentos até março de 2019, quando uma seletiva vai definir qual deles seguirá para representar o Brasil na WorldSkills 2019, na Rússia.

O diretor do Senac Sergipe, Paulo do Eirado, viajou ao Espírito Santo para acompanhar os últimos dias das Competições e teve a felicidade de assistir à premiação da aluna sergipana e a homenagem aos instrutores da casa.

“Nossas alunas foram brilhantes, competitivas e colaborativas. Sergipe se destacou em postura e desempenho, e tivemos resultados muito expressivos em termos de pontuação. Ficamos em quarto lugar tanto em Estética quanto em Serviços de Restaurante, e isso traz um retorno da educação que estamos fazendo. Paralelamente, o que me deixou muito feliz foi ver que em cada modalidade foi homenageado um instrutor que acompanhava os alunos, e os nossos três instrutores receberam essa homenagem, cada um em sua ocupação. A gente sai daqui com a sensação de muito crescimento e alegria, e nós vamos procurar melhorar cada vez mais a nossa educação profissional, pois quem ganha com isso são os alunos e a sociedade sergipana”, comemorou o gestor.

Aluna dedicada

Participar das Competições 2018 não foi uma escolha fácil para Marcela Andrade. Ela precisou abrir mão de trabalhar em seu próprio e recém-montado salão de beleza durante a semana, pois seriam meses de treinamentos no Senac, de segunda a sexta-feira, em média seis horas por dia.

“Quando eu vi que a competição me abriria mais portas, decidi abandonar meu salão durante a semana e trabalhar nele só no final de semana. Os treinos foram maravilhosos, porque a cada dia eu pude aprender coisas novas. Foram treinamentos intensos que aperfeiçoaram o meu trabalho. Entrei na preparação para a competição sem entender de corte masculino, mas só com as técnicas básicas que as minhas treinadoras Shirlei e Jeisiane me passaram, consegui fazer um bom trabalho e concluir no tempo”, destacou Marcela, citando Jeisiane Matos, 3º lugar nas Competições de 2016 na mesma categoria.

Marcela classificou os dias que passou no Espírito Santo como inesquecíveis e disse que a sensação pelo segundo lugar é de extrema felicidade. A jovem não esquece, no entanto, de agradecer àqueles que a ajudaram chegar ali.

“Só tenho a agradecer a Deus pela porta maravilhosa que Ele abriu, por ter vivido tudo isso e por ter me apresentado a pessoas incríveis como Shirlei e Jeisiane. Preciso agradecer, também, a toda família Senac que me acolheu de forma muito especial e por ter acreditando e investido no meu potencial. Estou mais feliz ainda por poder disputar uma vaga para representar o Brasil na WorldSkills 2019. Agora vou me dedicar ainda mais pra conseguir ir à Rússia e levar o nosso Sergipe”, prometeu a jovem.

Shirlei Campos, instrutora e técnica de Marcela, é só elogios à aluna. “Ela sempre demonstrou ser exigente consigo mesma e buscava fazer o melhor em cada treino que tínhamos, porém, diante de uma realidade nacional e reconhecendo que existem outros competidores muito bons, não havíamos mensurado, nem criado expectativas quanto à nossa colocação. Mas, ao iniciar os módulos do primeiro dia de provas, ela já se destacou, mostrando um trabalho diferenciado e de alto nível. E assim ela se manteve até o último dia, sempre mostrando equilíbrio e domínio técnico durante as provas. Mesmo que pra mim ela confessasse estar muito ansiosa e nervosa, ela dizia que quando começava a prova tudo isso passava, porque ali era o momento para ela mostrar tudo que aprendeu”, contou a instrutora.

Além de ver sua discípula subir ao pódio, Shirlei também recebeu uma homenagem como destaque docente da ocupação Cabeleireiro. Além dela, os instrutores William Guerra e Sílvio Farias receberam a prêmio, nas categorias Estética e Bem Estar e Serviços de Restaurante, respectivamente. “Foi uma felicidade dupla vibrar pela conquista de Marcela e também receber essa homenagem. Foi um importante reconhecimento ao trabalho que desempenhamos enquanto docentes”, disse.

“As meninas foram excelentes e tiveram desempenho e comportamento muito elogiados. Mas o que mais me chamou atenção, neste ano, foi o prêmio do docente destaque, com o qual nossos três instrutores foram contemplados. Essa homenagem valorizou muito o ensino da instituição. No entanto o legado maior da competição não são as medalhas e prêmios, mas a superação de todos os nossos limites, podermos estar entre os melhores. Eu, que acompanhei todo o processo desde o início, me emociono quando vejo os resultados porque sei que contribuí para o incrível desempenho do nosso Estado nessas competições”, declarou Angélica Carpejani, coordenadora das Competições Senac de Educação Profissional dentro do Senac Sergipe.

Competições Senac de Educação Profissional 2018 - ES

Fotos -> https://flic.kr/s/aHskMSMgnW (Weverson Rocio – ES)

Competições Senac De Educação Profissional

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar