Instrutores participam de oficina sobre atendimento a pessoas com deficiência


Publicado em : 01/09/2017 | por Helmo Goes | Agência Comércio



O Senac/SE, através do Núcleo de Promoção Social e Relações com Egressos, continua qualificando seus colaboradores para um melhor atendimento e acolhimento às pessoas com deficiência (PcD) nos cursos e serviços da instituição. Na noite da última quinta-feira, 31 de agosto, os instrutores da área de informática participaram de uma oficina com a professora da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Clarissa Andrade de Carvalho, cuja tese de doutorado trata sobre a vida das pessoas cegas em Aracaju.

“O Senac está com uma procura muito grande das PcD em seus cursos, então o professor e o colaborador do Senac devem estar preparados sobre como atender essas pessoas. Então pensamos nessa oficina só para os professores de informática, pois os cursos dessa área estão sendo muito procurados pelas PcD. Por isso chamamos a professora Clarissa, que é uma especialista nessa área, e que veio promover uma troca de experiências, já que nossos instrutores apresentaram tudo o que passam em sala de aula e ela também passou todo o seu conhecimento sobre o assunto”, disse a analista educacional do Núcleo, Andrea Figueiredo, responsável pelo Programa Senac de Acessibilidade.

Para Claudio Cândido, coordenador do eixo de Informação e Comunicação, a oficina veio aprimorar as práticas inclusivas já adotadas no Senac. “A oficina nos trouxe uma reflexão sobre as práticas de ensino que oferecemos a essas PcD. A capacitação se fez necessária no sentido em que recebemos diariamente, em nossos cursos de informática, pessoas com diversos tipos de deficiências. E essas oficinas e reciclagens recorrentes são importantes para que a gente possa continuar atendendo com qualidade todos os nossos alunos e clientes, independentemente de suas limitações”, declarou Claudio.

Ainda segundo o coordenador, o eixo de Informática e Comunicação está preparado para atender às necessidades das PcD. “Todos os nossos computadores têm o leitor de tela NDVA, um aplicativo que converte as informações da tela em um discurso sintetizado, permitindo ao usuário ouvir em vez de visualizar o conteúdo do computador, tudo em tempo real. Todos os nossos cursos também contam com intérprete de Libras, que permanece em sala de aula durante todo o curso. Sem falar da estrutura física do Senac, dotada das adequações necessárias para as PcD, como elevadores, rampas, piso táctil, corrimões, portas e banheiros adaptados e vagas de estacionamento exclusivas para deficientes”, destacou.

Programa Senac de Acessibilidade

O Programa é composto por algumas etapas. Adequar o ambiente para receber e acomodar todos os alunos é uma das mais importantes deste processo. Para tanto, o Senac/SE tem realizado uma série de melhorias e adaptações em seu espaço físico.

Garantir o acesso de alunos com deficiência aos cursos do Senac através da oferta de descontos também é um dos objetivos. Através do Programa de Benefícios, é analisada a situação de renda e a deficiência do estudante, e ofertado a ele um desconto de 50% ou a isenção total da taxa do curso que pretende fazer. “É um importante estímulo que o Senac oferece para que esse aluno participe de nossos cursos”, disse Andrea Figueiredo.


Autor : Helmo Goes | Agência Comércio
Categorias : Notícias