Fecomércio leva doações de água para o sertão sergipano


Publicado em : 27/03/2017 | por Helmo Goes | Agência Comércio



Em uma grande ação, a equipe do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac de Sergipe levou mais de 100 mil litros de água para o benefício de 4 mil famílias nas regiões mais afetadas pela seca no sertão sergipano, resultado da arrecadação da campanha “Água Pra Viver”, desenvolvida pela entidade, com foco na doação de água para o povo sertanejo de três cidades do estado.

A equipe saiu com o carregamento de água para ser levada ao público beneficiado na madrugada de domingo (26), com oito caminhões de grande porte e mais de 60 voluntários que ajudaram na distribuição da água arrecadada. As cidades de Gararu, Porto da Folha e Poço Redondo receberam as doações, levadas a oito povoados dos municípios do alto sertão.

Em um cenário marcado pela vegetação devastada pela força do sol, que destruiu plantações, pastagens e árvores completamente secas sobre o chão de terra rachada, mostrando o que o povo sertanejo está sofrendo com a ausência de água, o comboio da Fecomércio avançou, chegando nas localidades beneficiadas pelas doações da campanha. Na primeira parada, no povoado Queimada Grande em Poço Redondo, centenas de pessoas esperavam a chegada dos caminhões com as doações de água. Alegria e emoção tomaram conta do local, quando os caminhões lotados de água foram abertos para a entrega das doações. As famílias receberam até 70 litros de água mineral, de acordo com o número de pessoas habitantes de cada casa.

Para a trabalhadora rural Esmeralda Gomes, moradora do povoado Monte Alegre Velho, a doação veio num momento oportuno, em virtude da completa ausência de água para consumo humano na região. “Essa água abençoada chegou na hora em que mais precisamos. A gente aqui está bebendo a mesma água que damos para os animais, porque não temos fornecimento de água, e ela só chega por causa dos carros-pipa que trazem, mas ficamos semanas sem água boa pra beber. Não chove, não temos água. Aí temos que buscar água no rio, quase uma légua de distância. Essa água é bem-vinda e Deus abençoe quem mandou a água pra gente, através de vocês da Fecomércio”, disse a agricultora, levando a água que recebem em uma pequena carroça puxada por um burro.

A água distribuída pela Fecomércio foi entregue nos povoados Serra da Piedade, Ranchinho, Pedro Leão e São Francisco, em Porto da Folha, Queimada Grande e Monte Alegre Velho, em Poço Redondo e Jiboia e Pias, em Gararu. Em todas as localidades, o cenário de desolação era o mesmo, com a situação de seca deixando famílias inteiras sem água pra beber durante vários dias, como disse a lavradora Ana Cláudia dos Santos, moradora de Porto da Folha.

“Água é fonte de vida, e nós precisamos muito dela aqui na nossa comunidade. Estamos sofrendo muito. Nossos riachos secaram, nossa fonte de água é só a chuva. Acabou tudo, pois não temos água encanada. A seca está muito forte e a água que nos entregam não tem qualidade suficiente para bebermos. Essa água chegou na hora certa, para que a gente possa ter o que beber, ela é muito importante para nós. Obrigado a todos que nos trouxeram essa água, por meio da Fecomércio, que nos abençoou com essa doação”, comemorou Ana Cláudia, ao receber a doação de água das mãos do presidente Laércio Oliveira.

Depois de 16 horas de trabalho e quase 800 quilômetros rodados levando as doações em todos os locais, que são comunidades remotas, de difícil acesso e extremamente pobres, em elevado grau de dificuldade para abastecimento, a equipe da Fecomércio chegou ao povoado Jiboia, em Gararu. Lá o aposentado Antônio Carlos, de 83 anos, se emocionou ao receber sua doação. “Ninguém lembra da gente, ninguém sabe o quanto sofremos nessa seca. Tem época que passamos uma semana sem beber água, porque temos muito pouca. Quase não dá pra dividir, mas agora temos uma ajuda importante. As pessoas não olham para nós, que bebemos água de poço, mesmo assim tem que caminhar muito pra buscar, isso quando o poço tem água. Vocês do Sistema Fecomércio lembraram que aqui existem vidas humanas, que tem pessoas sofrendo e vieram nos ajudar. Deus abençoe o povo de Aracaju que mandou essa água por vocês, estou muito agradecido por essa benção”, disse, enquanto seus netos o ajudavam a carregar a água para sua casa.

Laércio Oliveira conversa com um dos sertanejos beneficiados

O presidente do Sistema Fecomércio, Laércio Oliveira, comemorou o resultado exitoso da campanha “Água Pra Viver” e seu sucesso na entrega dos mais de 100 mil litros arrecadados junto à população pela Fecomércio e entidades parcerias que se engajaram na campanha, dando visibilidade e difusão nas ações realizadas.

Equipe do Senac que auxiliou na distribuição

“Todos nós do Sistema Fecomércio estamos felizes com essa doação que viemos trazer. Estamos levando a nossa solidariedade para esse povo que veio receber sua doação com esperança no olhar, pela chegada de um alento para o sofrer que é provocado na vida das pessoas com a seca em nosso sertão. Esse projeto começou e foi construído dentro da Fecomércio e nos dedicamos às ações para captar as doações do povo de Sergipe que se compadeceu dos nossos irmãos sertanejos e doou sua água para que levássemos. Conseguimos a ajuda de todas as entidades empresariais e principalmente das pessoas, que se dedicaram a ajudar seu semelhante. Nós, diretores, conselheiros e colaboradores da Fecomércio agradecemos por termos conseguido dobrar a meta de 50 mil litros, para 100 mil litros que levamos para dar ao povo que sofre”, agradeceu o presidente da Fecomércio.

Tags: , , , ,
Autor : Helmo Goes | Agência Comércio
Categorias : Notícias