Publicado em : 05/10/2018 - Por : Helmo Goes

Diretor do Senac fala sobre Educação Empreendedora em evento do Sebrae


Dudu Obregan e Paulo do Eirado

O diretor do Senac Sergipe, Paulo do Eirado Dias Filho, foi um dos convidados do 2º Encontro do Ecossistema Empreendedor, promovido pelo Sebrae/SE no Del Mar Hotel, nos dias 03 e 04 de outubro. O gestor apresentou o tema “Transformação Humana através da Educação Empreendedora” para um público formado, em sua maior parte, por empreendedores ligados a startups e ao mercado digital, além de universitários e professores. Eirado dividiu o palco com Dudu Obregan, que levou o tema “Caminhos para reinventar a nossa educação”. As palestras aconteceram de maneira descontraída em um ambiente intimista criado pelo Sebrae.

“Particularmente já milito há muito tempo sobre educação empreendedora e tenho isso como uma grande solução. O Senac Sergipe tem um desempenho ligado a essa visão empreendedora para os alunos e dos próprios alunos, que faz com que a gente tenha uma performance invejável em concursos ou em projetos que nós levamos à frente e realizamos. Empreendedorismo é uma ligação do aluno com o futuro. É a forma de ele chegar a propor algo, se projetar e aprender como realizar. Hoje vivemos em uma sociedade com muitos idealizadores e muito poucos realizadores. E é isso que a gente precisa construir através da educação”, declarou o diretor.

Ambiente intimista foi criado pelo Sebrae/SE

Rosane Leite, gestora do Projeto de Educação Empreendedora do Sebrae, descreveu Paulo do Eirado como um grande entusiasta e realizador do tema empreendedorismo, o que justifica o convite feito para o Encontro. “Ele já foi nosso diretor no Sebrae e a gente tem acompanhado suas ações no Senac, a exemplo do Senac Pleno, as premiações dos meninos do Pronatec e outras como a do curso de Estilista de Moda, então a gente sempre busca a oportunidade de trazê-lo em eventos como esse. Paulo tem uma larga experiência com o jovem, o empreendedorismo e a educação, e nada mais oportuno do que trazê-lo para partilhar suas experiências de trabalho e de vida”, ressaltou a gestora.

“É uma instituição brilhante e imprescindível para a realidade brasileira. É o grande padrinho dos micro e pequenos empresários, inclusive dos informais. Além disso, nós temos um histórico da época em que lá trabalhei e onde realizamos programas ligados em empreendedorismo no ensino médico de Sergipe, que acabou sendo uma marca nacional. Fiquei honrado com o convite, mas encaro como uma missão, pois quero ver o empreendedorismo prosperar junto com a educação”, finalizou o diretor.