Publicado em : 01/03/2018 - Por : Helmo Goes

Casos de Sucesso: Egresso do Senac é contratado por churrascaria


Há alguns meses o sergipano Thiago Nascimento de Oliveira, 22 anos, não faz mais parte das estatísticas de desemprego no país, que bateram recordes no ano passado segundo o IBGE. Dois meses depois de terminar o curso de Garçom no Senac/SE, por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG), o jovem conseguiu uma oportunidade de emprego na mais famosa e frequentada churrascaria de Aracaju, uma franquia nacional. “Muito do que faço aqui eu vi antes durante o curso. Então, sim, o Senac me preparou muito bem para esse trabalho”, reconheceu.

Mas a busca pelo curso profissionalizante não partiu de Thiago, segundo ele. Atendendo a um pedido da mãe, o rapaz se inscreveu no processo seletivo para tentar uma vaga gratuita pelo PSG.

Thiago de Oliveira em seu ambiente de trabalho

“Na verdade eu nem tinha intenção em fazer o curso mas, por insistência da minha mãe, participei da seleção. O que eu achei do curso? Perfeito! Através das aulas eu tomei gosto pela profissão. Mudei alguns hábitos para melhor, despertei o meu interesse por alguns conteúdos. Aprendi tanta coisa que fica até difícil falar tudo. Sou muito grato ao Senac, pois eu me encontrava em uma situação emocional muito difícil e até nisso, e principalmente nisso, o Senac me ajudou. Por esse motivo pretendo fazer outros cursos na instituição”, revelou o rapaz.

Para as pessoas que se encontram desmotivadas e sem perspectivas de trabalho, assim como ele já esteve, Thiago incentiva a busca pelo conhecimento e pela qualificação. “A dificuldade em conseguir emprego é uma realidade para todos. Conheço pessoas com diploma superior que estão desempregadas. Mas não podemos desistir, acredito na perseverança. Temos que buscar sempre conhecer mais, nos preparar mais não só para o mercado de trabalho, mas para a vida. Conhecimento não nos traz nada de ruim, muito pelo contrário”, declarou.

Banco de Oportunidades

Thiago de Oliveira é uma das milhares de pessoas que saíram das dependências do Senac direto para o mercado de trabalho. Para facilitar o acesso de seus alunos e egressos a seleções de emprego, bem como oferecer aos contratantes profissionais qualificados, a instituição dispõe de um setor chamado Banco de Oportunidades – Senac Carreiras, que integra o Núcleo de Promoção Social e Relações com Egressos.

Thiago com o instrutor José Alberto, do curso de Garçom

Apenas no ano passado, o departamento contabilizou 603 novos cadastrados de alunos em seu banco de dados. No mesmo período, 560 egressos foram encaminhados a entrevistas de emprego em 141 empresas que solicitaram mão-de-obra qualificada pelo Senac.

Esses números não incluem o Programa de Aprendizagem, também popularizado como Jovem Aprendiz ou Adolescente Aprendiz.  No ano passado, 171 aprendizes do Senac foram encaminhados a seleções de emprego de 21 empresas solicitantes. Dezoito deles saíram contratados.

As pessoas com deficiência (PcD) também tiveram encaminhamento feito pelo Banco de Oportunidades. No ano passado, 19 delas foram indicadas pelo Senac, das quais cinco foram contratadas pelas empresas solicitantes.

Em 2018, o Banco de Oportunidades – Senac Carreiras pretende continuar e ampliar suas atividades, que não incluem apenas o encaminhamento de alunos para o mercado de trabalho, mas também ações de estímulo ao empreendedorismo e de orientação vocacional.

“É bastante gratificante perceber o crescimento dos nossos alunos, a exemplo de Thiago, que fez o curso com muita dedicação e teve a oportunidade merecida. Estamos felizes e orgulhosos, pois nossa missão é capacitar, encaminhar e acompanhar a vitória de nossos egressos”, declarou Hipácia Nogueira, gerente do Núcleo.