Senac acompanha tendência e lança curso de Estilista de Moda


Publicado em : 23/02/2017 | por Helmo Goes | Agência Comércio



Segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções (Abit), o mercado da moda é o segundo maior gerador de empregos no Brasil. A estimativa é que 300 mil novos empregos sejam gerados até 2025. Ao proporcionar milhares de novos postos de trabalho todos os anos, o mercado da moda tem aquecido a economia do país, que já possui a quinta maior malha têxtil do mundo, e a quarta maior indústria de confecções. O Sistema Fecomércio, atento à realidade, está lançando pelo Senac o curso de Estilista de Moda em busca de novos talentos neste segmento que só cresce no país.

O curso de Estilista marca a introdução do segmento Moda no portfólio de cursos do Senac, e faz parte do pacote de novidades que a instituição traz em 2017. As aulas têm início no dia 13 de março, com carga horária de 369h e turmas abertas para os turnos da manhã e tarde. Um dos profissionais responsáveis por trazer o curso para Sergipe é o experiente estilista Altair Santo, que trouxe a ideia após visita a uma das unidades do Senac em São Paulo, onde o título também é ofertado.

Instrutores do curso de Estilista participaram de workshop de Moda

“Esse é um curso pioneiro aqui no Estado e o mais interessante é que ele promove um itinerário muito rico. O aluno vai passar por todo o processo de criação, de desenvolvimento do produto, e depois vai caminhar pelo processo de modulagem no próprio corpo do manequim, onde ele encontra os modelos feminino e masculino e os acessórios para desenvolver essa técnica. Na sequência, ele vai para uma modelagem mais complexa, chamada modelagem plana. Depois disso, a gente entende que ele já sabe pesquisar, criar, modelar, e agora vai para o processo de confecção, de montar os protótipos das peças, ou seja, tirar a criação dele do papel. O curso todo culmina em um projeto integrador, momento em que os alunos irão desenvolver uma coleção-cápsula para ser apresentada em uma exposição ou em um desfile de moda”, detalhou Altair.

Segundo Altair, o público do curso vai de pessoas totalmente leigas no assunto até profissionais de diversas áreas, como arquitetura, audiovisual e design. “Pessoas com alguma habilidade artística costumam se identificar com o curso”, disse.

Ainda de acordo com o estilista, o mercado da moda em Sergipe carece de profissionais qualificados na área. “É um mercado que só tende a crescer. Depois de formado, o estilista tem um grande leque de possibilidades. Pode montar seu próprio negócio, pode estar inserido nos shoppings, que têm se multiplicado no Estado. Marcas internacionais estão chegando aqui, e essas lojas precisam de profissionais com essa formação. Ele também pode estar inserido nas indústrias têxteis, em micro e pequenas empresas. Temos um polo muito importante em Sergipe, no município de Itabaiana, com mais de mil pequenas confecções. Há, de fato, muitas opções. O que ele precisa é levar a profissão muito a sério, pois ela vai exigir muito que eles estejam sempre se reciclando, como o ciclo da moda, que a cada seis meses é renovado”, destacou Altair.

Vitrinismo

Além de Estilista de Moda, o Senac está ofertando o curso de Vitrinismo, que tem início no próximo dia 04 de março com carga horária de 30h. O objetivo do curso é qualificar profissionais que irão promover e melhorar a exposição de mercadorias nas vitrines, selecionando os materiais, as cores e a iluminação, a fim de torna-las mais atrativas para os clientes.

O Senac, em um projeto piloto, já ofereceu o curso de Vitrinismo em parceria com a Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), mas esta é a primeira vez que o título aparece no portfólio da instituição.

Segundo Rafael Ramos, coordenador pedagógico do segmento Moda, a ideia é que sejam ofertados outros cursos afins nas próximas programações. “O Senac está fazendo um importante investimento nesses cursos. Está preparando uma sala específica para eles, com uma mobília própria que já está em andamento. A expectativa é que nos tornemos uma referência no segmento de Moda em Sergipe. Depois da experiência com esses dois primeiros cursos, nós vamos estudar a possibilidade de ofertar outros títulos nos próximos portfólios”, disse o coordenador.

Mais informações pelo telefone (79) 3212-1560.

Tags: , ,
Autor : Helmo Goes | Agência Comércio
Categorias : Destaques, Notícias