Publicado em : 08/11/2016 - Por : Helmo Goes

Fundat e Senac exibem filmes do Projeto Curta Aracaju


Descrição da imagem. Foto horizontal de um grupo de pessoas em pé, lado a lado, à frente de um grade telão onde estão projetadas as logomarcas da FUNDAT e do Senac. No centro, o senhor Paulo do Eirado, camisa social clara e calça escura, do seu lado direito, três homens e uma mulher, e do seu lado esquerdo, um homem e quatro mulheres. O chão é de carpete cinza. Fim da descrição.

Paulo do Eirado, Gláucia Guerra, Fábio Jaciuk e alunos do projeto

Inserir os jovens no campo do audiovisual, por meio do envolvimento com a realização de curtas-metragens de caráter educacional. Este foi o objetivo do Curta Aracaju, desenvolvido pela Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat) em parceria com o Senac Sergipe, órgão vinculado ao Sistema Fecomércio-Sesc-Senac. O projeto culminou com a produção de quatro vídeos, que foram apresentados na manhã desta terça-feira, 08, durante a 1ª Mostra Educativa Curta Aracaju. Os filmes estão sendo exibidos no Centro Cultural de Aracaju até o próximo dia 11, com sessões às 9h30 e às 14h30.

Descrição da imagem. Foto horizontal de uma plateia lotada de pessoas sentadas e apenas um rapaz em pé no fundo. As cadeiras são acolchoadas de cor vermelha, o piso é de carpete cinza e o ambiente tem pouca iluminação. Fim da descrição.Das oficinas ministradas pelo diretor do Curta Senac Pleno, Fábio Jaciuk foram produzidos os filmes “O Turista”, “O Aliciador”, “Preconceito” e “As Aparências”. Durante as aulas, os alunos tiveram a oportunidade de aprender sobre o processo de roteirização, operação de câmera, produção, figurino, atuação, iluminação e captação de áudio. Os jovens participaram ativamente de todas as etapas, desde a ideia original até a edição.

Descrição da imagem.   Foto horizontal de busto para cima de um homem branco, cabelos curtos e castanhos, óculos de grau e camisa azul, com a boca semiaberta, olha para a esquerda da imagem, onde logo abaixo da gola da sua camisa, parte de um celular.  Ao fundo, parede branca. Fim da descrição.

Fábio Jaciuk

“Esses alunos não tinham qualquer experiência em audiovisual, mas estudaram os fundamentos desta arte e desenvolveram o roteiro, aprenderam a utilizar os equipamentos, experimentaram a direção de fotografia, a direção de cena, enfim, eles se envolveram em todo o processo. Estou muito orgulhoso pelo sucesso do projeto. O Senac Pleno tem esse objetivo mesmo, de oferecer essas experiências inovadoras para os alunos, de oferecer novas perspectivas para eles”, declarou Jaciuk.

Para o diretor Regional do Senac, Paulo do Eirado, o cinema pode fazer parte de um processo educacional para uma boa formação profissional. “O cinema é uma ferramenta muito rica sob o ponto de vista da educação, pois nesse ambiente se trabalha várias linguagens simultaneamente e isso enriquece a comunicação, a capacidade de expressão, a oratória. Além do lado lúdico este projeto leva o aluno ao protagonismo, a um salto no seu desenvolvimento em um prazo muito curto, e felizmente temos uma equipe maravilhosa no Senac nessa área, especialmente Fábio Jaciuk, que tem o domínio dessa arte e consegue transmitir para os alunos”, ressaltou.

Descrição da imagem. Foto horizontal de cintura para cima de uma jovem de cabelos escuros, longos e lisos, pele moreno clara, olhando para a frente com a boca semiaberta, o braço direito dobrado à frente do corpo apoiando o cotovelo esquerdo. À sua frente, uma mão masculina segura um celular próximo à jovem. Ao fundo, banner branco com a logomarca da Fundat. Fim da descrição.

Monalisa Santos

Experiência

Os jovens participantes são oriundos de outras turmas da Fundat, a exemplo de Monalisa Santos, ex-aluna do curso de Inglês. “Fiquei sabendo do projeto e me interessei em participar, por ser um universo diferente de tudo o que eu já tinha vivido. Foi uma surpresa e acabei gostando muito da experiência. Valeu à pena”, declarou a aluna, que participou da figuração, direção e operação de áudio dos curtas.

Descrição da imagem. Foto horizontal do busto para cima de uma mulher, em semiperfil para a esquerda, blusa escura, pele branca, cabelos castanhos de comprimento médio, olha para a esquerda da imagem com um leve sorriso e a boca entreaberta. À sua frente e mais à esquerda da imagem, duas mãos seguram um celular cada, próximo à mulher.  Ao fundo, Parede branca com banner branco e logomarca da Fundat. Fim da descrição.

Kerlaine Falcão

Já Kerlaine Falcão é aluna da graduação em Artes Visuais na Universidade Federal de Sergipe (UFS), e participou do projeto para se aprofundar ainda mais na área. “Ao saber do Curta Aracaju não pensei duas vezes em participar, pois sabia que seria bom para o meu curso e para o meu futuro. Imagino que vou crescer como profissional depois dessa experiência, não só eu como meus colegas também”, disse.

A presidente da Fundat, Gláucia Guerra, destacou que o mercado do audiovisual está expandido em todo o país. “A área do cinema no Brasil está em expansão e cabe a vocês continuarem se qualificando, investindo na carreira de vocês, pois tenho certeza que, daqui, sairão profissionais de muito sucesso”, incentivou Gláucia.

Descrição da imagem. Foto horizontal, parcial de um homem e uma mulher de pé, um do lado do outro, olhando para a frente e sorrindo, O homem à direita, pele clara, cabelos e bigode grizalhos, camisa cinza e óculos pendurados sobre a mesma, calça escura, segura um envelope com a mão esquerda. A mulher à esquerda, mais baixa,  tem pele moreno clara, cabelos curtos e lisos, castanhos, usa óculos de grau com armação vermelha, blusa florida e calça bege, segura alguns papéis com as duas mãos. Ao fundo, parede com aparência de madeira e parte de um telão do meio para cima.  Fim da descrição.

Gláucia Guerra e Paulo do Eirado

Ela ainda enalteceu a participação do Senac no projeto. “Quero agradecer ao Senac pelo envolvimento no Curta Aracaju, por ter abraçado esta ideia lá no início do ano, quando começamos a conversar. Agradeço sobretudo a Jaciuk, que é cineasta e deu ao projeto uma dimensão ainda maior que ele teria no início”, agradeceu.