Aprendizes promovem tarde divertida para crianças do GACC


Publicado em : 30/11/2016 | por Helmo Goes | Agência Comércio



Descrição da imagem. Foto horizontal de dois meninos de cerca de seis anos de idade atrás de uma mesa, junto de um grupo de pessoas de pé, todos sorridentes e olhando para a frente. As pessoas são sete jovens, duas moças com nariz de palhaço, roupa e peruca coloridas e uma mulher com crachá do Senac no canto esquerdo. Todos vestem camisa branca. A mesa está forrada com tecido branco e sobre a mesma tem ao centro um bolo confeitado com glacê branco e ao redor, saquinhos de pipoca e outros doces. Fim da descrição.

Proporcionar um dia especial e marcante para crianças com graves problemas de saúde e celebrar a alegria de viver. Estes foram os objetivos do projeto “Valorize a vida, resgate a esperança”, da turma de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos do Senac, órgão ligado ao Sistema Fecomércio-Sesc-Senac. Durante uma tarde os aprendizes promoveram brincadeiras, lanches e entrega de presentes para os pequenos atendidos pelo GACC /SE – Grupo de Apoio à Criança com Câncer de Sergipe.

Descrição da imagem. Foto horizontal de uma piscina de bolinhas coloridas com tela de proteção nas laterais e dentro, duas crianças com idade próxima a seis anos. Fim da descrição.De acordo com Andréa Mangueira, instrutora do Senac, a ideia de promover uma ação social partiu dos aprendizes. “Nessa correria do dia-a-dia, às vezes a gente não tem tempo para olhar o outro, fazer algo pelo próximo. Por este motivo, os alunos quiseram que seu projeto integrador fosse uma ação social, e escolheram as crianças do GACC como público-alvo desta ação. O objetivo é proporcionar um momento de lazer e aprendizado, mas também celebrar a vida desses pequenos que tanto lutam por ela”, declarou.

Descrição da imagem. Foto horizontal de um espaço com piso e azulejos brancos, várias crianças, algumas sentadas e outras de pé e as duas moças com roupas coloridas e nariz de palhaço. Fim da descrição.Para transformar o dia dessas crianças, os alunos alugaram cama elástica e piscina de bolinhas, e decoraram todo o salão de festas de um condomínio residencial com bolas de assopro e outros enfeites. Eles também prepararam lanches e brindes para as crianças e seus acompanhantes. No local, foram realizadas diversas brincadeiras como dança das cadeiras, bambolê, além de um momento de leitura.

Para angariar a verba necessária, os alunos venderam rifas e contribuíram, mensalmente, com uma quantia simbólica. Eles também fecharam parcerias e conseguiram descontos na aquisição de alguns produtos. “Esse projeto me mostrou que transformar o dia do outro não requer muito esforço e que fazer o bem ao próximo é fazer um bem para nós mesmos. Essa deveria ser uma atividade diária de todo ser humano. Conseguir um sorriso dessas crianças que tanto sofrem com o tratamento é algo muito gratificante”, disse o aprendiz Thomas Santos Araujo.Descrição da imagem. Foto horizontal de quatro cadeiras de plástico vermelhas juntas formando um círculo com os encostos voltados para dentro e os assentos para fora. Ao redor, cinco crianças com as mãos para trás do corpo, em pé, parecendo caminharem. Ao fundo, duas moças com roupas e perucas coloridas e nariz de palhaço observam. Fim da descrição.

O trabalhador informal Zeilton Vitor da Silva, morador do município de Porto da Folha, acompanha o filho Paulo Laurentino da Silva, de 7 anos, duas vezes por semana à Aracaju. Na capital, a criança passa por um acompanhamento médico em razão da anemia falciforme, uma doença hereditária de cura ainda desconhecida. Para seguirem o tratamento, que inclui internações no hospital, pai e filho encontram apoio no GACC. Para ele, a tarde recreativa foi um alento em meio a uma batalha desgastante. “Foi uma festa muito bonita esta que os alunos do Senac fizeram. Ver meu filho brincando e sorrindo me faz muito feliz”, declarou Zeilton.

Descrição da imagem. Foto horizontal de vista superior de um bolo retangular confeitado com glacê branco. No centro do bolo,  área lisa com um círculo de contorno vermelho e dentro uma ciranda de crianças com o nome Equipe Celebrar no meio, acima do círculo escrito Valorize a vida e abaixo do círculo, Resgate a Esperança, tudo em azul. Ao redor, decoração em formato de gotas do tipo pitanga. Fim da descrição. A pedagoga do GACC, Izabel Aquino, diz que iniciativas como esta são bem-vindas, pois ajudam as crianças a enfrentarem o tratamento de maneira mais leve. “Em momentos como esse elas podem esquecer um pouco da doença e ser apenas crianças. Por este motivo, apoiamos essas iniciativas dos nossos parceiros e voluntários. São muito importantes na jornada dessas famílias”, afirmou Izabel.


Autor : Helmo Goes | Agência Comércio
Categorias : Destaques, Notícias